EEC PROVER – AQUANATUR

10
Dez

II AQUA FÓRUM do Alto Tâmega

No passado dia 6 de dezembro a ADRAT assistiu ao II AQUA FÓRUM do Alto Tâmega, organizado pela CIM do Alto Tâmega. O evento contou com a presença na sessão de abertura da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira e do Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira. Na sessão de encerramento esteve presente Rita, Batista Marques, Secretária de Estado do Turismo.

O Fórum reuniu vários especialistas relacionados com o desenvolvimento local e com setor da água em particular, tendo sido evidenciada a importância deste ativo sendo um dos principais recursos naturais do Alto Tâmega, bem como o facto do seu papel no crescimento económico e turístico para a região.

No seio das várias intervenções foram referidos alguns projetos apoiados pela ADRAT no domínio da água e do turismo, nomeadamente os projetos promovidos pela CIM do Alto Tâmega que a ADRAT enquadrou no Plano de Ação EEC PROVERE – AQUANATUR e o projeto GEOTERMIA  desenvolvido no Programa INTERREG A na década de noventa do século passado.

 

 

1
Ago

Projetos Âncora AQUANATUR – EEC PROVERE

Os Municípios de Boticas e Chaves dão início aos projetos âncora aprovados no âmbito do Programa Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE –AQUANATUR coordenado pela ADRAT.

O Município de Boticas através do projeto “Centro de Observação da Natureza do Barroso” pretende dar corpo a anteriores projetos e operacionalizar o conhecimento que existe em relação à biodiversidade e ecossistemas do concelho que beneficiam de microclimas muito diversificados, fruto das diferenças de altitude existentes. No âmbito deste projeto serão desenvolvidas várias atividades: Criação e homologação de Percursos, incluindo sinalética e trilhos; Criação e requalificação de infraestruturas de apoio à visitação e estruturas de observação e de relação com a água; Ampliação e requalificação do Centro de Interpretação/Observatório da Natureza; Requalificação do Centro Aquícola, nomeadamente ao nível da eficiência energética e da melhoria das condições de produção das espécies piscícolas; Conceção de conteúdos e apetrechamento tecnológico, facilitadores da interpretação da natureza e de valorização da experiência turística; Ações de promoção e divulgação, tendo em conta que se trata de um projeto que envolve uma área com enorme potencial turístico, paisagístico e ambiental.

O Município de Chaves ampliará a atual pista de pesca através da criação de novas estruturas de apoio na zona ribeirinha do rio Tâmega. Intitulado “Pista de Pesca do Rio Tâmega”, este projeto pretende promover a observação, usufruto e a prática de várias atividades lúdico/desportivas associadas a este recurso natural. O projeto visa também criar uma série de novos pesqueiros inseridos na paisagem ribeirinha da margem direita do rio Tâmega, de forma a promover a pesca desportiva numa área devidamente concessionada ao clube flaviense de caça e pesca. Assim, através desta iniciativa, o Município irá capacitar o Concelho para a organização de eventos de pesca desportivo de âmbito Nacional/Internacional; contribuirá para o aumento do turismo de lazer no concelho.

Estes projetos estão incluídos no Plano de Ação EEC PROVERE AQUANATUR promovido pela ADRAT

22
Abr

AVISO AQUANATUR

A ADRAT enquanto entidade Leader do Consórcio AQUANATUR estabelecido em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e aprovado no âmbito da EEC PROVERE, atendendo à aproximação da fase final de negociação de todo o processo com as autoridades competentes, pretende estabilizar o Plano de Ação a financiar no âmbito deste projeto.

Assim, no seguimento da intenção de investimento anteriormente manifestada por Vª Exª e que, na primeira fase deste processo AQUANATUR – EEC PROVERE, foi incluída no respetivo Plano de Ação submetido, importa agora confirmar o V. interesse em manter essa intenção de investimento e eventual candidatura à obtenção de financiamento.

Deste modo e atendendo à iminente abertura de avisos de concursos para candidaturas a financiamentos, nomeadamente o SI2E (Portaria n.º 105/2017, de 10 de Março) e os avisos de candidatura nº 08/SI/2017 – “Inovação Produtiva” e nº 10/SI/2017 – “Empreendedorismo Qualificado e Criativo”, publicados no portal do Portugal 2020 e que deverão dar enquadramento aos investimentos propostos, torna-se extremamente importante que nos seja comunicado as intenções de investimento e eventuais candidaturas , no sentido de poderem ser incluídas do Plano de Ação da EEC PROVER – AQUANATUR.

A ADRAT coloca-se, desde já, à inteira disposição para todo o apoio que entenderem necessário.