Em Destaque

10
Dez

II AQUA FÓRUM do Alto Tâmega

No passado dia 6 de dezembro a ADRAT assistiu ao II AQUA FÓRUM do Alto Tâmega, organizado pela CIM do Alto Tâmega. O evento contou com a presença na sessão de abertura da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira e do Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira. Na sessão de encerramento esteve presente Rita, Batista Marques, Secretária de Estado do Turismo.

O Fórum reuniu vários especialistas relacionados com o desenvolvimento local e com setor da água em particular, tendo sido evidenciada a importância deste ativo sendo um dos principais recursos naturais do Alto Tâmega, bem como o facto do seu papel no crescimento económico e turístico para a região.

No seio das várias intervenções foram referidos alguns projetos apoiados pela ADRAT no domínio da água e do turismo, nomeadamente os projetos promovidos pela CIM do Alto Tâmega que a ADRAT enquadrou no Plano de Ação EEC PROVERE – AQUANATUR e o projeto GEOTERMIA  desenvolvido no Programa INTERREG A na década de noventa do século passado.

 

 

25
Nov

TROCO2 – Ferramenta de cálculo de sumidouro de carbono já está online

A Ferramenta de Cálculo de Sumidouro de Carbono, desenvolvida com o apoio da União Europeia, através do projeto TROCO2 (INTERREG POCTEP), já está disponível online, na seguinte ligação: https://troco2.eu/ferramenta-de-calculo-para-sumidouros-de-carbono?lang=pt-pt.
Recorde-se que o projeto TROCO2 – Mercado Transfronteiriço de Intercâmbio de Carbono, tem como principal objetivo aumentar a eficiência das florestas do espaço transfronteiriço Galiza – Norte de Portugal na mitigação da mudança climática, pela melhoria da sua capacidade de sequestro de CO2, impulsionando também uma economia de baixo carbono no sector dos transportes rodoviários.
Esta ferramenta, de acesso gratuito e universal, permite obter uma estimativa das absorções de carbono previstas para os possíveis sumidouros de carbono da Eurorregião Galicia-Norte de Portugal (concretamente para a região do Alto Tâmega), de acordo com as espécies florestais em causa, a sua localização e modelos de gestão.
Posteriormente, as parcelas florestais registadas como sumidouro, poderão entrar no mercado voluntário de compensações de emissões que, no caso do projeto TROCO2, está dirigido para o setor dos transportes rodoviários, para o qual também se desenvolveu uma ferramenta gratuita de cálculo das emissões de carbono das empresas.

25
Nov

Euromontana – Assembleia Geral e Conferência Anual

A ADRAT participou na Assembleia Geral e na Conferência Anual realizadas em Bruxelas, nos dias 19 e 20 de Novembro, organizadas pela EUROMONTANTA.
Dia 19 realizou-se a Assembleia Geral da Euromontana onde, para além dos temas gerais de interesse da associação, foram debatidas atividades a realizar futuramente, em particular relacionadas com a próxima Convenção Europeia de Montanha que versará sobre o tema “Aldeias inteligentes para comunidades rurais” e como integrar melhor as montanhas nos futuros programas operacionais e planos estratégicos da PAC para cada país e região.
No dia 20 teve lugar a Conferência Anual sobre “Repensar os equilíbrios territoriais entre áreas urbanas e rurais nas montanhas da Europa: Como é que a inovação pode apoiar soluções em que todos saem beneficiados?”. Nesta conferência foi debatido como a inovação pode ajudar a desenvolver ações para que, tanto as áreas de montanha urbanas como as rurais, sejam beneficiadas.

18
Out

Ciclo de Encontros Temáticos – “Cadeias Curtas e Mercados”

Realizou-se no passado 17 de outubro o segundo de dez Encontros Temáticos que a ADRAT irá realizar durante os anos de 2019 e 2020. Estes Encontros realizam-se no âmbito do projeto “Reforço da capacitação de atores e redes de promoção de ações de desenvolvimento” aprovado pelo Norte 2020.

Este Encontro foi dedicado à temática das Cadeias Curtas e Mercados Locais, onde foi exemplificado os benefícios que os produtores e consumidores podem usufruir destes modelos de comercialização. O evento contou ainda com a apresentação de casos práticos de sucesso como foi o caso do Mercado de Produtos de Chaves, Kunayala Production e LolaBio. Foi ainda apresentado o e-Marketplace, atividade desenvolvida no âmbito do projeto Portal do Alto Tâmega – Norte-28-2018-04 Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE – Projetos Âncora.

 

1
Ago

Projetos Âncora AQUANATUR – EEC PROVERE

Os Municípios de Boticas e Chaves dão início aos projetos âncora aprovados no âmbito do Programa Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE –AQUANATUR coordenado pela ADRAT.

O Município de Boticas através do projeto “Centro de Observação da Natureza do Barroso” pretende dar corpo a anteriores projetos e operacionalizar o conhecimento que existe em relação à biodiversidade e ecossistemas do concelho que beneficiam de microclimas muito diversificados, fruto das diferenças de altitude existentes. No âmbito deste projeto serão desenvolvidas várias atividades: Criação e homologação de Percursos, incluindo sinalética e trilhos; Criação e requalificação de infraestruturas de apoio à visitação e estruturas de observação e de relação com a água; Ampliação e requalificação do Centro de Interpretação/Observatório da Natureza; Requalificação do Centro Aquícola, nomeadamente ao nível da eficiência energética e da melhoria das condições de produção das espécies piscícolas; Conceção de conteúdos e apetrechamento tecnológico, facilitadores da interpretação da natureza e de valorização da experiência turística; Ações de promoção e divulgação, tendo em conta que se trata de um projeto que envolve uma área com enorme potencial turístico, paisagístico e ambiental.

O Município de Chaves ampliará a atual pista de pesca através da criação de novas estruturas de apoio na zona ribeirinha do rio Tâmega. Intitulado “Pista de Pesca do Rio Tâmega”, este projeto pretende promover a observação, usufruto e a prática de várias atividades lúdico/desportivas associadas a este recurso natural. O projeto visa também criar uma série de novos pesqueiros inseridos na paisagem ribeirinha da margem direita do rio Tâmega, de forma a promover a pesca desportiva numa área devidamente concessionada ao clube flaviense de caça e pesca. Assim, através desta iniciativa, o Município irá capacitar o Concelho para a organização de eventos de pesca desportivo de âmbito Nacional/Internacional; contribuirá para o aumento do turismo de lazer no concelho.

Estes projetos estão incluídos no Plano de Ação EEC PROVERE AQUANATUR promovido pela ADRAT

12
Jul

PDR2020 – Mercado de produtos de Chaves

 

O Mercado de produtos de Chaves foi alvo de reportagem da TSF, por ter sido considerado boa prática de promoção de produtos de qualidade. O Mercado sofreu intervenção física de requalificação no âmbito do programa PDR2020.

 

Para ouvir a reportagem e entrevista realizada ao Autarca do Município de Chaves é favor seguir este link:

https://www.tsf.pt/programa/terra-viva-2019/interior/mercado-de-produtores-de-chaves-para-os-consumidores-mais-exigentes-11034182.html

17
Jun

SI2E+

SI2E+ – Sistema de Incentivos ao Emprego e ao Empreendedorismo

Pode consultar toda a informação relativa ao  SI2E+ – Sistema de Incentivos ao Emprego e ao Empreendedorismo em:

SI2E+ – Sistema de Incentivos ao Emprego e ao Empreendedorismo
29
Mai

2.ª Jornada GIAHS/SIPAM – Madrid

A ADRAT irá participar na 2.ª Jornada sobre os Sistemas Importantes do Património Mundial (SIPAM) / FAO, organizada em Madrid no próximo dia 31 de maio, no Ministério de Agricultura, Pescas y Alimentación.

O evento conta com a participação de vários sítios espanhóis classificados e em candidatura. Como experiências europeias, serão apresentados o Sítio Agro-Silvo-Pastoril do Barroso e o Sítio Vinhas Tradicionais de Soave (Itália).

9
Mai

Reunião de stakeholders KEEP ON

Decorreu a 8 de Maio de 2019, a 2.ª reunião de stakeholders do projeto KEEP ON, aprovado no âmbito do programa INTERREG EUROPA e do qual a ADRAT é entidade parceira.

O projeto KEEP ON tem como principal objetivo melhorar as políticas no setor do património cultural, permitindo que os projetos com financiamento público obtenham resultados sustentáveis e com impacto duradouro e sustentável no desenvolvimento regional.
O intuito desta reunião foi o de recolher contributos a introduzir no Plano de Ação para a melhoria do instrumento político selecionado pela ADRAT, a Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Alto Tâmega, da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega.

7
Mai

1.ª Edição do Fórum da Educação e Inovação

Decorreu na semana passada em Chaves a 1.ª Edição do Fórum da Educação e Inovação, contou com cerca de cinco mil alunos de Chaves e Boticas.
Os alunos tiveram oportunidade de programar jogos e robots e experimentar a realidade virtual.