Em Destaque

16
Abr

Oficinas de Artesanato

No dia 16 de abril de 2024, a ADRAT leva ao Centro Escolar de Chaves oficinas de artesanato para que as crianças possam ter contacto e experienciem atividades de olaria e cestaria.

Estas ações decorrem no âmbito do Projeto Local CraftUp, um projeto de Cooperação LEADER – PDR2020.

 

 

 

  

3
Abr

11-13 junho | Semana Europeia da Energia Sustentável 2024 | Bruxelas

 

A Semana Europeia da Energia Sustentável decorre entre o 11 e 13 de junho 2024 em Bruxelas. Esta que é o maior encontro anual da Europa centrado nas energias renováveis e na utilização eficiente da energia, regressa com a sua 18.ª edição com o tema: Soluções energéticas com zero emissões para uma Europa competitiva.

A conferência decorre online e presencialmente, incluindo uma conferência política, a apresentação dos prémios europeus de energia sustentável, o Dia Europeu da Energia da Juventude e uma Feira de Energia com oportunidades de networking.

Mais informação em: https://business.turismodeportugal.pt/pt/agenda/eventos/paginas/european-sustainable-energy-week.aspx/

 

5
Mar

Newsletter Voz do Campo – 01 Março

 

Encontra-se já disponível a habitual newsletter da Voz do Campo.

A Voz do Campo é uma revista do setor agrícola que visa divulgar as últimas novidades agrícolas, políticas rurais, dicas práticas e histórias inspiradoras.

Para consultar mais informação: https://www.rederural.gov.pt/12-informacao/6627-newsletter-voz-do-campo-01-marco

23
Fev

Recomendações | “Desenvolvimento Local, compromisso com pessoas e territórios”

 

A ADRAT vem por este meio divulgar o documento produzido no quadro da Federação Minha Terra e que representa cinquenta e seis Grupos de Ação Local (GAL) presentes em mais de 94% do território nacional. Este documento foi apresentado às estruturas nacionais dos Partidos Políticos, com assento parlamentar, concorrentes ao ato eleitoral de 10 de março: “Desenvolvimento Local, compromisso com pessoas e territórios – Conjunto de recomendações dos Grupos de Ação Local aos poderes políticos para as políticas públicas na próxima legislatura”.

Este documento é o resultado de um trabalho realizado com base na experiência das últimas três décadas de abordagem LEADER (Ligação Entre Ações de Desenvolvimento da Economia Rural) em Portugal onde se demonstra que os Grupos de Ação Local (GAL) conseguem mobilizar recursos, capitalizar conhecimento e têm a capacidade de construir soluções para responder às necessidades dos respetivos territórios. Assim, considera-se importante que os programas eleitorais e de Governo que se apresentam às eleições de 10 de Março abordem o desenvolvimento dos territórios, equacionando intervenções pertinentes de proximidade para as zonas rurais.

Este documento apresenta Sete Propostas de Compromissos que as políticas públicas devem contemplar:

– Contribuir para a implementação de uma Estratégia Nacional de Desenvolvimento Rural;

– Integrar intervenções de base territorial e multissectoriais, através da adoção de mecanismos de financiamento plurifundos;

– Capacitar os recursos humanos existentes nos territórios;

– Garantir a existência de serviços de extensão rural, complementando o apoio técnico aos agricultores;

– Assegurar uma articulação virtuosa entre as dimensões do mundo rural e urbano;

– Estimular iniciativas e projetos orientados para o aproveitamento de oportunidades económicas;

– Dinamizar a oferta de Serviços de Interesse Geral de forma a reforçar a Coesão Territorial.

Documento: Recomendacoes_FMT_legislativas_2024

 

Como complemento pode ser também consultado um documento da Comissão Europeia “Concretizar o Pacto Rural nos Estados-Membros”, que faz um enquadramento importante para as intervenções que defendidas pelos GAL e que representa uma visão da Comissão Europeia sobre esta questão.

Documento: AGRI-2023-02887-01-00-PT-TRA-00

 

 

9
Fev

PNAES em ação pelo Barroso – Montalegre

 

Entre os dias 26 de janeiro e 5 de fevereiro realizaram-se, junto dos alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Dr. Bento da Cruz (Montalegre), diversas sessões de educação alimentar. As atividades foram realizadas no âmbito do projeto “Alimentação Segura no Alto Tâmega e Barroso”, inserido no PNAES (Programa Nacional da Alimentação Equilibrada e Sustentável), que está a ser implementado na região pela ADRAT, em parceria com a CIMAT.

A iniciativa decorreu não só na sede do agrupamento como também nas localidades de Salto e Cabril, onde foi possível alcançar todos os alunos dos níveis escolares referidos. O objetivo passa não só por sensibilizar os mais jovens para uma alimentação saudável, já que é na infância que de moldam os gostos e as preferências alimentares, mas também como forma de difundir o conhecimento sobre literacia alimentar uma vez que as crianças são ótimos veículos de informação para o agregado familiar.

Nas ações dinamizadas realizou-se um jogo, o “Bingo Alimentar do Alto Tâmega e Barroso”, no qual é possível conhecer a gastronomia do Alto Tâmega e Barroso bem como a importância dos seus ingredientes/produtos para o desenvolvimento do território.

Em cada escola foi oferecido um exemplar do jogo, que contém também e um livro de receitas da região, aos alunos do 1º ciclo um “Kit de Cozinheiro” constituído por chapéu e avental e aos alunos do pré-escolar um puzzle.

 

 

 

7
Fev

ADRAT com auditório cheio em Sessão Informativa sobre Renovação de Parque de Tratores Agrícolas

 

No passado dia 6 de fevereiro a ADRAT contou com um auditório cheio com a Sessão Informativa sobre Renovação de Parque de Tratores Agrícolas. Esta sessão teve a presença de Francisco Ribeiro, chefe de divisão da Unidade Territorial de Trás-os-Montes da CCDR-N Agricultura que, em conjunto com o secretário-geral da ADRAT, procederam à abertura da sessão e com Armindo Gomes, também da CCDR-N Agricultura, que realizou uma intervenção esclarecedora sobre “Segurança na utilização de equipamentos agrícolas”. Sandra Sacramento e Ricardo Jerónimo, da ADRAT, realizaram uma apresentação sobre Pedidos de Pagamento relativamente a esta medida específica, abordando principalmente alguns erros comuns na submissão de despesas e mesmo na aquisição do trator.

Por fim houve um espaço para o debate, onde os participantes colocaram várias questões.

 

As apresentações podem ser consultadas aqui:

Chaves_06022022_Comportamentos de Seguranca

Pedidos de Pagamento_apresentação dia 6_fev_2024

 

 

26
Set

Abertura de aviso Vales Floresta – Projeto Piloto

 

O aviso “Vales Floresta – Projeto Piloto” visa apoiar projetos de gestão florestal de territórios de minifúndio, e vulneráveis ao risco de incêndio. Este programa é um regime de financiamento simplificado destinado a apoiar os pequenos proprietários florestais nas ações de gestão dos espaços florestais localizados nos territórios vulneráveis de Portugal Continental, que demonstrem que investem e gerem as suas propriedades florestais. O programa “Vales Floresta”, aberto até 31 de dezembro, é um programa piloto, complementar ao Programa de Transformação da Paisagem, também ele dirigido aos territórios vulneráveis, e tem aplicação nos espaços rústicos não abrangidos por áreas integradas de gestão da paisagem (AIGP) e por Condomínios de Aldeia.

Mais informação: https://www.fundoambiental.pt/apoios-2023/floresta-e-gestao-florestal-sustentavel-/vales-floresta-projeto-piloto.aspx?fbclid=IwAR29-1I-d5-DYWxwrhdSwlO3oWt4OG_T0i0fUKzLT_pIV2bwxBLM6iZhj8w

13
Set

Manifestações de interesse | Ciclo da Rede de Escolas para a Educação Intercultural

 

Estão abertas as manifestações de interesse para os estabelecimentos de ensino que queiram fazer parte do próximo ciclo da Rede de Escolas para a Educação Intercultural (REEI) 2023-2027.
O prazo para a submissão das manifestações de interesse decorre até ao dia 6 de outubro de 2023. Os resultados serão apresentados a 30 de outubro.
As escolas interessadas em fazer parte deverão consultar os Termos de Referência da REEI que incluem os requisitos e critérios de elegibilidade.
A apresentação da manifestação de interesse de adesão à REEI é efetuada, através da submissão do formulário eletrónico, pelos órgãos de gestão das escolas.
Serão avaliadas até 100 manifestações de interesse, de acordo com a ordem de chegada das mesmas. O processo de decisão das candidaturas integra a análise e verificação das condições de elegibilidade e a avaliação documental do formulário e dos excertos dos documentos de referência da escola ou dos planos de aprofundamento da educação intercultural.
Programa REEI é uma iniciativa conjunta da Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM), do Ministério da Educação, através da Direção-Geral da Educação (DGE), e da Fundação Aga Khan (AKF) Portugal.
A REEI constitui-se como plataforma de trabalho para todas as escolas que reconhecem a riqueza da diversidade e por isso assumem a Educação Intercultural como parte do seu projeto educativo. Estas Escolas encontram na Rede espaço para aprofundar a reflexão sobre a sua prática, em interação e cooperação entre si.

4
Jul

Ribeira de Pena | Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

 

Para quem gosta de atividades ao ar livre e se preocupa com questões ambientais, está a decorrer o período de inscrições para jovens voluntários no âmbito do Programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas.

Podem inscrever-se jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 30 anos (inclusive).

O programa tem como objetivo informar e sensibilizar a população em geral, inventários, no terreno, as áreas necessitadas de limpeza, vigilância móvel ou em bicicleta nas áreas definidas pelas entidades locais de coordenação.

Inscreve-te já em: https://programas.juventude.gov.pt/florestas

 

19
Jun

20 Junho | Bioeconomia Florestal em tempos desafiantes | Porto

 

No dia 20 de Junho, no PORTO, estará em debate a Bioeconomia Florestal, as tecnologias, mercados e politicas nacionais e europeias para as florestas, num seminário organizado pela FORESTIS.

Mais informação sobre o programa aqui: https://forestis.pt/destaques,0,1956.aspx

Para se inscrever: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdbsz0KngRa_6PG3Q3mTOO6mCuCQDiod0DZxLQVVRPlw87zwg/viewform