Notícias




Projeto apoiado pela ADRAT em Destaque:
Valorização do Património Paisagístico do Barroso – Território GIAHS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO RURAL 2020

Medida: 10.2.1.6 – Renovação de Aldeias
Beneficiário: Município de Boticas
Nome projeto: Valorização do Património Paisagístico do Barroso – Território GIAHS
Objetivo: Criação de uma rede de observatórios do território GIAHS, de modo a dar aos visitantes a possibilidade de contacto com a natureza, apreciação de paisagens e património.
Investimento Total: 75.463,82 €
Apoio FEADER: 37.731,92 €


Projetos em Curso

DLBC – PDR

DLBC - PDR

Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC)

O Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) é uma abordagem territorial, através da qual são implementadas Estratégias de Desenvolvimento Local (EDL) concebidas por Grupos de Ação Local (GAL) com uma estreita ligação ao tecido social, económico e institucional de cada território, visando o desenvolvimento, diversificação e competitividade da economia e a melhoria das condições de vida das populações.

Provere – Aquanatur

Provere - Aquanatur

EEC Provere – Aquanatur

Este projeto AQUANATUR incidiu a atuação em intervenções e projetos cirurgicamente estruturantes, mas que, na continuidade do verificado na anterior intervenção PROVERE, pretendem dotar a região de um conjunto de equipamentos que, além de valorizarem substancialmente todo o potencial da água e tudo o que com ela está relacionado e com especial incidência na água termal, permitem, principalmente, desenhar uma estratégia ainda mais envolvente de promoção de todo o território como um destino de diversas valências, além de fortemente atrativo porque tem coisas que não existem noutras regiões, coisas essas que, além disso, são inovadoras e apresentadas com qualidade.
O programa de Ação da EEC PROVERE AQUANATUR é constituído por 22 projetos-âncora, com um investimento total elegível de 7.740.765,62 euros e uma comparticipação FEDER de 6 567.322,97 euros e 46 projetos complementares, com um investimento de 45.413.413,82 euros.

Keep ON

Keep ON

O projeto KEEP ON tem como principal objetivo de melhorar as políticas no setor do património cultural, permitindo que os projetos com financiamento público obtenham resultados sustentáveis e com impacto duradouro e sustentável no desenvolvimento regional.

O promotor é o INORDE (Instituto para o Desenvolvimento Económico da Província de Ourense, Espanha) e para além da ADRAT conta também com os seguintes parceiros: Marshal Office da Região de Świętokrzyskie, Polónia; Município de Paggaio, Grécia; Município de Hertogenbosch, Holanda; Agência de Desenvolvimento de Langhe Monferrato e Roero, Itália; IRMO, Instituto para o Desenvolvimento e Relações Internacionais, Hungria.

LOCAL CRAFT UP

LOCAL CRAFT UP

 

Com este projeto pretende-se desenvolver pequenas empresas rurais, envolvendo-as em atividades culturais e turísticas, através da cooperação com outros negócios locais e desenvolvendo produtos inovadores e serviços extra para os residentes e turistas.

VALSIPAM – Valorização dos Sistemas Importantes do Património Agrícola Mundial do Espaço SUDOE

 

O VALSIPAM aborda, pela primeira vez num projeto de cooperação territorial, o desafio de explorar as oportunidades e o potencial de sistemas agrícolas de importância global, a partir de uma abordagem que vai além de bens e produtos. O projeto promove uma oferta alternativa de turismo de experiências únicas intimamente ligadas à biodiversidade, paisagem, práticas agrícolas e florestais e ao património cultural e antropológico dos sistemas.

DYAS – Digital Young Ambassadors for SMEs

 

Este projeto visa capacitar os jovens em áreas da digitalização, marketing e comunicação. Estes conhecimentos serão colocados em prática nas empresas selecionadas para acolher estes jovens. O principal objetivo do projeto é abordar a transformação digital e capacitar jovens PMEs e as instituições envolvidas.
Os parceiros deste projeto são: Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial – Eurocidade Chaves-Verin (líder do projeto); ADRAT – Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega e Fundación Galicia Europa

Os projetos em números

%
DLBC
%
EEC PROVERE Aquanatur
%
Valsipam
%
DYAS
%
Portal do Alto Tâmega
%
Keep ON

Redes e Associações

A ADRAT em números

Anos de Existência
Colaboradores
Associados
Promotores Apoiados
Quantia Angariada 2009/2020 (M€)

Fichas Individuais de Projeto PDR2020

 

 

Parceria FMT e GAL- LEADER 2020

Data de aprovação – 11-10-2017 | Data de Inicio – 31-01-2017 | Data de conclusão – 20-12-2020 | Custo elegível – 4.393,95€ | Apoio União Europeia – 3.734,85€ |Apoio Nacional – 659,10€

Funcionamento e Animação do GAL ADRAT

Data de aprovação – 16-03-2016 | Data de Início – 07-09-2015 | Data de conclusão – 31-12-2020 | Custo elegível – 1.405.918,50€ | Apoio União Europeia – 1.265.326,65€ | Apoio Nacional – 140.591,85€

LOCAL CRAFT UP

Data de aprovação – 07-08-2019 | Data de Início – 21-12-2018 | Data de conclusão – 01-11-2022 | Custo elegível – 65.793,30€ | Apoio União Europeia – 59.213,97€ | Apoio Nacional – 8.882,10€

Plano de Cooperação do Alto Tâmega

Data de aprovação – 16-01-2019 | Data de Início – 08-03-2018 | Data de conclusão – 19-03-2020 | Custo elegível – 26.910,00€ |Apoio União Europeia – 24.219,00€ |Apoio Nacional – 2.691,00€

Preparação e Apoio Técnico à elaboração da estratégia DLBC Rural do Alto Tâmega

Data de aprovação – 10-09-2015 | Data de Início – 16-11-2014 |Data de conclusão – 05-09-2015 | Custo elegível – 25.000,00€ | Apoio União Europeia – 22.500,00€ | Apoio Nacional – 2.500,00€

 

30 Anos Programa LEADER

Este programa, revelou-se um marco das políticas de desenvolvimento local comunitárias e nacionais, capaz de promover a valorização e a visibilidade dos territórios rurais e a coesão territorial a partir de estratégias desenhadas e implementadas localmente, serviu de estímulo à criação e implementação em Portugal, de cerca de 30 mil projetos, públicos e privados, criadores de emprego e capazes de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das populações, integrando, de forma decisiva, a resposta aos desafios da atualidade, mediante o reforço do desenvolvimento local integrado e dos sistemas alimentares sustentáveis.