Notícias

6
Jul

Plataforma virtual de suporte ao Sistema de Conhecimento e Informação Agrícola (AKIS)

DGADR e Nova IMS assinam contrato para a criação de plataforma virtual de suporte ao Sistema de Conhecimento e Informação Agrícola (AKIS)

Com o objetivo de fortalecer o ecossistema de inovação em agricultura e desenvolvimento rural, a Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) e a Universidade Nova de Lisboa – NOVA Information Management School (NOVA IMS) celebraram um contrato de cooperação. Em causa está a criação e implementação de uma plataforma virtual de apoio ao reforço do AKIS Nacional, no âmbito da constituição de uma Rede PAC Nacional.
A plataforma virtual permitirá suportar e acompanhar o Sistema de Conhecimento e Inovação da Agricultura Nacional – AKIS Nacional, assim como incluir projetos de I&D e o Sistema de Aconselhamento Agrícola e Florestal (SAAF). O portal deverá reunir num único ponto de dados abertos e de livre acesso a informação obtida no âmbito de atividades de inovação.
O contrato de cooperação celebrado vem responder ao objetivo transversal, preconizado pelo PEPAC 2030 e pelo PRR, de modernização do setor e de promoção e partilha de conhecimentos, da inovação e da digitalização na agricultura e nas zonas rurais.

5
Jul

I Fórum dos Gabinetes de Apoios aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora

O primeiro Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora, realizado dia 22 de junho, em Idanha-a-Nova, pretendeu apresentar programas relevantes no apoio a emigrantes e/ou ao investimento da diáspora bem como partilhar boas práticas municipais de valorização das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro em prol do desenvolvimento dos territórios. Reuniu municípios, comunidades intermunicipais, regiões autónomas, associações empresariais e de desenvolvimento.
O programa incluiu a apresentação e formalização da Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora (RAID) que liga serviços das diferentes áreas de governação, entidades regionais, municípios e associações de matriz empresarial, em especial da diáspora, que apoiam o investimento da diáspora e dispõem dos interlocutores, instrumentos e meios para o efeito.
Para aceder às apresentações: https://pnaid.mne.gov.pt/pt/pnaid-em-acao/encontros-e-iniciativas/i-f%C3%B3rum-dos-gabinetes-de-apoios-aos-emigrantes-e-ao-investimento-da-di%C3%A1spora

4
Jul

SusTEC SUMMER SCHOOL-SISTEMAS NATURAIS DO BARROSO

Entre os dias 25 e 29 de Julho de 2022 decorrerá a SusTEC SUMMER SCHOOL SISTEMAS NATURAIS DO BARROSO nos Municípios de Boticas e Montalegre. O Barroso, tendo sido o primeiro território classificado em Portugal como sítio “Globally Important Agricultural Heritage Systems (GIAHS)”, acolherá esta Escola de Verão destinada a estudantes de diferentes graus de ensino superior interessados em investigação em áreas de montanha.

Pretende-se que os participantes sejam capazes de:

  • Conhecer e compreender os sistemas biológicos do Barroso, nomeadamente os relacionados com o Sistema Agro-
    Silvo-Pastoril;
  • Adquirir conhecimento acerca da importância e dinâmica dos sistemas biológicos do Barroso;
  • Desenvolver competências de socialização, trabalho em grupo, interpretação e discussão de dados científicos.

 

Informação adicional:

PROGRAMA

Inscrições: https://shre.ink/ffa

29
Jun

Compostagem de Efluentes Pecuários

Enquanto entidade nacional responsável, pela implementação do NREAP, a DGADR inicia um ciclo de produção de vídeos técnicos sobre biotecnologias sustentáveis de reciclagem de nutrientes e matéria orgânica presentes nos efluentes pecuários, alinhadas com os princípios orientadores da “Economia Circular” e da ENEAPAI.

Divulga-se, nesta primeira fase, um vídeo técnico sobre valorização orgânica em unidades de compostagem e vermicompostagem dirigido, às entidades intervenientes no domínio do NREAP e, ao público em geral, pretendendo-se, por esta via, potenciar a sustentabilidade da fileira associada à boa gestão dos efluentes pecuários.

Para assistirão vídeo técnico sobre compostagem de efluentes pecuários: https://www.dgadr.gov.pt/destaques

28
Jun

Balcão de Serviços DRAP online

No Balcão de Serviços DRAPonline, portal que identifica e carateriza todos os serviços prestados pelas 5 Direções Regionais de Agricultura e Pescas (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve), é lançada nova forma de submissão de vários pedidos de serviços, mais ágil, mais fácil, mais rápida.

Nesta fase, disponibilizamos uma nova forma de solicitar a qualquer DRAP um conjunto de serviços, designadamente, pedidos de emissão de cartão de aplicador de produtos fitofarmacêuticos, pedidos de emissão de cartão de operador de produtos fitofarmacêuticos, incluindo 2ªas vias ou renovações, e, ainda, uma funcionalidade que permite a submissão de pedidos de informação a qualquer DRAP, permitindo a interação, de forma rápida, prática e permanente, para a colocação de questões, solicitação de informação e esclarecimentos diversos.

Aceda ao Balcão de serviços DRAPonline em: https://draponline.gov.pt

Mais informação em: https://portal.drapnorte.gov.pt/alertas-principais/103-balcao-de-servicos-draponline?fbclid=IwAR1bqRroQkxTuWPRw1QNLLNqk0t55yW6FowLd34IoUbX0YDK5n-af_0pv-c

28
Jun

Seminário Final do Projeto “Portal do Alto Tâmega”

A ADRAT, Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega, vai realizar o seminário final do projeto Portal do Alto Tâmega no próximo dia 30 de junho, pelas 14h00, nas instalações da Casa do Vinho, em Valpaços.

Através deste seminário a ADRAT pretende apresentar o Portal do Alto Tâmega, um site que agrega informação variada sobre os seis concelhos do Alto Tâmega, bem como apresentar uma perspectiva sobre a importância da digitalização para a região.

 

Local do evento:

Casa do Vinho

Av. Eng.º Luís de Castro Saraiva, 5430 Valpaços

Telefone: 278 710 138

 

Pode consultar aqui o programa

 

27
Jun

1ª edição da Aqua Summer School | Chaves

Entre os dias 4 a 8 de julho a Escola Superior de Hotelaria e Bem-Estar do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), em Chaves, promove a 1ª edição da Aqua Summer School.

As inscrições são gratuitas, mas limitadas, e devem ser feitas através do link –  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc2-61pZR6r9pSopWqq_z93qit_CRcchhW1mQy1VrzrfX71AA/viewform?fbzx=-2264394826789405538 , podendo participar os alunos que estejam atualmente a frequentar o Ensino Secundário regular ou profissional.

Através da Aqua Summer School pretende-se que os jovens adquiram conhecimentos relativos à água, mediante a criação de um espaço privilegiado de aprendizagem e divulgação de conhecimento, e ao mesmo tempo promover a aquisição de competências de autonomia, criatividade e espírito de equipa fomentadas com práticas pedagógicas, lúdicas e culturais.

O programa da Aqua Summer School disponibiliza iniciativas direcionadas para diferentes áreas científicas no contexto da água, onde vão ser igualmente fomentadas atividades de ensino não formal e de experimentação, acompanhadas por investigadores e monitores em química clássica, microbiologia, metais pesados e todas as possibilidades de investigação científica ligadas à água termal.

Os participantes vão ainda partir à descoberta das potencialidades culturais, económicas e de lazer existentes na cidade de Chaves.

De referir que a Escola de Verão é um projeto do IPB que decorre no âmbito da Blue Design Alliance (BDA), um consórcio entre instituições do Ensino Superior que tem como missão contribuir para a valorização da água, recursos oceânicos e fluviais e sustentabilidade social e ambiental através do design, centrando-se na produção de conhecimento, investigação e formação de competências ligadas à economia azul.

Através da BDA, as instituições de Ensino Superior envolvidas asseguram uma formação ligada ao Design Azul e à economia circular, inclusiva e sustentável, com o propósito de acelerar a requalificação do território, tornando-o mais resiliente mediante a criação de novos empregos e profissões azuis.

A Blue Design Alliance integra-se no âmbito do “Impulso Jovens STEAM” e “Impulso Adultos” do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que tem como objetivo “impulsionar a formação de jovens e adultos nos próximos 5 anos face aos desafios que emergem”.

No âmbito do “Impulso Jovens STEAM” foi desenhada uma oferta formativa que engloba Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTePS), cursos de verão e ações de promoção da literacia e conhecimento azul, orientados a estudantes das escolas secundárias, escolas artísticas e escolas profissionais.

Fazem parte desta aliança a Escola Superior de Artes e Design (ESAD), o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa (ESB.UCP).

24
Jun

Setembro 2022 | Curso de Fisioterapia | Chaves

A recém-criada “Escola Superior de Hotelaria e Bem-Estar” na região do Alto Tâmega (Chaves) foi construída em paralelo pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, o AquaValor – Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia da Água, e o Instituto Politécnico de Bragança. A nova Escola Superior, focada na valorização do cluster da água e do termalismo, iniciará o seu ciclo de formação graduada especializada com a Licenciatura em Fisioterapia, acreditada pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), que arrancará em setembro com vagas para 25 alunos.

24
Jun

Bruxelas quer reduzir pesticidas em 50% até 2030 e proibir uso em espaços públicos

A Comissão Europeia apresentou hoje uma proposta para a redução em 50% do uso de pesticidas químicos na União Europeia (UE) até 2030 e banir o uso destes em parques infantis e jardins públicos.

A redução, em 50% até 2030 do uso de pesticidas químicos e dos riscos que lhes estão associados terá metas nacionais vinculativas, consoante o ponto de partida de cada Estado-membro. Por outro lado, segundo um comunicado, a utilização de pesticidas será proibida em lugares públicos como espaços verdes urbanos – incluindo parques ou jardins públicos, térreos de jogos, áreas de lazer ou de desporto, vias públicas e zonas protegidas e sensíveis.

O executivo comunitário propõe, assim, a opção por sistemas alimentares duráveis e saudáveis, conforme o Pacto Ecológico Europeu e a Estratégia do Prado ao Prato.

Os agricultores serão apoiados financeiramente no âmbito da Política Agrícola Comum por um período de cinco anos, para aplicação das novas regras.

Ao mesmo tempo, Bruxelas propôs também medidas para restaurar ecossistemas danificados e recuperara a natureza, com um horizonte de aplicação até 2050 e o objetivo de “ reparar os 80% dos ‘habitats’ europeus que se encontram em mau estado e trazer a natureza de volta a todos os ecossistemas, desde florestas e terras agrícolas até aos ecossistemas marinhos, de água doce e urbanos”.

A Comissão Europeia propõe objetivos vinculativos para os 27 para que, até 2030, “pelo menos 20% das zonas terrestres e marinhas estejam cobertas por medidas de recuperação da natureza”. Até 2050, as medidas devem abarcar todos os ecossistemas da UE que têm de ser restaurados e incluem tornar os núcleos urbanos ‘mais verdes’.

A conservação da natureza tem particular impacto económico nos que dela dependem diretamente, nomeadamente agricultores, silvicultores e pescadores.

Várias organizações não-governamentais da área do ambiente já acolheram favoravelmente as propostas de hoje, que deverão ser ainda aprovadas pelos colegisladores: Conselho da UE e Parlamento Europeu.

 

23
Jun

Conferência do Pacto Rural | Bruxelas

Na sequência da realização da Conferência do Pacto Rural, nos últimos dias 15 e 16 de junho, foram disponibilizadas as respetivas apresentações. A conferência, realizada em Bruxelas, reuniu dezenas de decisores políticos provenientes de vários países da UE, autoridades locais, atores sociais e económicos, num evento participativo que refletiu a ambição e o caráter ascendente da visão rural na Europa.

Esta é uma iniciativa enquadrada na Visão de Longo Prazo para as Zonas Rurais da Comissão Europeia que vai reunir decisores políticos dos vários Estados-Membros da UE, assim como autoridades locais, atores sociais e económicos, num evento que pretende ser participativo e refletir a ambição e o caráter ascendente da visão rural no espaço europeu.

Para aceder a mais informação: https://www.rederural.gov.pt/12-informacao/4881-disponiveis-documentos-e-videos-da-conferencia-do-pacto-rural