Vila Pouca de Aguiar

19
Dez

Reunião Projeto RATIO

Realizou-se no passado dia 12 de Dezembro de 2016 a reunião de stakeholders no âmbito do projeto RATIO “Ações Regionais para Inovar Programas Operacionais”, Programa INTERREG EUROPA.
A ADRAT participou neste projeto no papel de stakeholder bem como no seminário público de apresentação do projeto em Vila Pouca de Aguiar no mesmo dia.
Para mais informação é favor consultar a página de internet do projeto RATIO: http://www.interregeurope.eu/ratio/

24
Nov

RATIO – Ações Regionais para Inovar Programas Operacionais

O projeto RATIO “Ações Regionais para Inovar Programas Operacionais”, foi aprovado no âmbito do Programa Europeu de Cooperação Territorial INTERREEG EUROPA em fevereiro de 2016 e é financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Este projeto reúne 9 parceiros de 8 Estados Membros e visa melhorar as políticas de inovação em áreas rurais europeias.
No projeto participa, como parceiro, o Município de Vila Pouca de Aguiar, sendo a ADRAT um membro do grupo de stakeholders. Os restantes parceiros: Federação de Municípios, Regiões e Províncias de Aragão, Espanha (promotor); Região de Aufbauwerk Leipzig, (Alemanha); Agência de Desenvolvimento Regional da Região de Usti, (República Checa); Fundação de Apoio à Democracia Local do Instituto Governo e Administração Local de Malopolska, (Polónia); Confederação de Negócios de Aragão, Espanha; Região de Planeamento Vidzeme, (Letónia) e Câmara de Comércio de Cork, (Irlanda).

O objetivo principal do projeto RATIO é o de melhorar as políticas regionais e programas de apoio de acesso à inovação e sua implementação. A política escolhida para análise e melhoria pelo Município de Vila Pouca de Aguiar foi o Programa Operacional COMPETE. Neste sentido de melhorar as políticas escolhidas pelos parceiros serão marcadas reuniões de stakeholders e o instrumento político será analisado e melhorado através da elaboração de um plano de ação.
Para além desta atividade o projeto compreende outras atividades, entre as quais destacamos um estudo regional, análise da inovação das PME da área de intervenção, aplicando uma ferramenta de verificação de inovação na empresa; visitas de estudo e troca de experiências.