16
Mai

Abertura do primeiro período de candidatura da medida Estágios Profissionais

“Decorre de 16 maio a 16 de junho de 2017 o 1.º período de candidatura da nova medida Estágios Profissionais”.

Na sequência da publicação da Portaria n.º 131/2017, de 7 de abril, que institui a medida Estágios Profissionais, visando apoiar financeiramente a realização de estágios profissionais por parte de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP), o Conselho Diretivo do IEFP aprovou o calendário de candidaturas para o ano de 2017.

O primeiro dos três períodos de candidatura que vão ocorrer durante este ano tem uma dotação orçamental de 18 800 milhões de euros, estimando-se que permita apoiar 4.000 estágios e decorre entre as 9h00 do dia 16 de maio e as 18h00 do dia 16 de junho, nos termos do aviso de abertura que se encontra disponível para consulta neste Portal.

A candidatura à medida é efetuada pela entidade, no portal NetEmprego, na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada.

Durante este período de candidatura será também possível formalizar o pedido de Prémio ao Emprego, apoiando a celebração de contratos de trabalho sem termo, com ex-estagiários.

Antes de se candidatar, consulte o regulamento e verifique as regras de acesso a esta medida.

Mais informações e esclarecimentos podem ser obtidos através do Centro de Contacto, disponível todos os dias úteis das 8h00 às 20h00. Tel: 300 010 001.

Se pretender receber mais informações deve contactar o GIP de Chaves / ADRAT.

29
Abr

Contrato-Emprego: Segundo período de candidatura

Decorre de 1 a 31 de maio de 2017 o segundo período de candidatura à medida Contrato-Emprego.

Na sequência da publicação da Portaria n.º 34/2017, de 18 de janeiro, que institui a Medida Contrato-Emprego, visando a concessão, à entidade empregadora, de um apoio financeiro à celebração de contrato de trabalho com desempregado inscrito no Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP), o Conselho Diretivo do IEFP, aprovou o calendário de candidaturas para o ano de 2017.

O segundo período de candidatura tem uma dotação orçamental de 20 milhões de euros e decorre entre as 9h00 do dia 1 de maio e as 18h00 do dia 31 de maio de 2017, nos termos do aviso de abertura que se encontra disponível para consulta neste Portal.

A candidatura à medida é efetuada no NetEmprego, através de sinalização de oferta de emprego registada nesse portal (na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada).

As empresas poderão apresentar candidaturas para as ofertas de emprego apresentadas ao IEFP, no período compreendido entre 4 de março e 24 de maio de 2017, desde que cumpram os requisitos de elegibilidade.

No segundo período de candidatura será também possível formalizar o pedido de Prémio de Conversão de contrato.

Antes de se candidatar, consulte o regulamento de acesso e o guia de apoio ao preenchimento do formulário de candidatura.

Mais informações e esclarecimentos podem ser obtidos através do Centro de Contacto, disponível todos os dias úteis das 8h00 às 20h00, tel: 300 010 001.

As empresas interessadas em receber mais informações sobre a medida de apoio à contratação Contrato-Emprego, podem contactar o GIP de Chaves / ADRAT.

 

22
Abr

Programa Garantia Jovem

Decorreu no passado dia 19 de abril de 2017, pelas 10:30, no salão Nobre da Junta de Freguesia da Madalena/Samaiões, uma ação de informação sobre o Programa Garantia Jovem. A ação foi desenvolvida numa colaboração entre o GIP de Chaves (resultante de uma parceria entre o IEFP e a ADRAT) e a Associação Chaves Social no âmbito do Programa CLDS 3G (Projeto Chaves Mais Social 3G) com o intuito de divulgar o programa Garantia Jovem.
Este programa é promotor de oportunidades de emprego, estágio, educação ou formação. O programa tem como objetivos: aumentar as qualificações dos jovens; facilitar a transição para o mercado de trabalho e reduzir o desemprego jovem.
Estiveram presentes cerca de 40 jovens e, no sentido de a informação fornecida ser a mais completa possível, contamos também com a presença do Eng. Nuno Rodrigues do Centro de Emprego e Formação Profissional do Alto Tâmega, do Dr. Otílio Montes do Serviço de Emprego de Chaves e da Dra. Lurdes Silva do Centro de Formação Profissional de Chaves.

7
Fev

Contrato-Emprego: Primeiro período de candidatura

O primeiro período de candidatura da nova medida Contrato-Emprego decorrerá de 25 de janeiro a 25 de fevereiro de 2017.

Na sequência da publicação da Portaria n.º 34/2017, de 18 de janeiro, que institui a Medida Contrato-Emprego, visando a concessão, à entidade empregadora, de um apoio financeiro à celebração de contrato de trabalho com desempregado inscrito no Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP), o Conselho Diretivo do IEFP, aprovou o calendário de candidaturas para o ano de 2017.
O primeiro período de candidatura tem uma dotação orçamental de 20 milhões de euros e decorre entre as 9h00 do dia 25 de janeiro e as 18h00 do dia 25 de fevereiro de 2017, nos termos do aviso de abertura que se encontra disponível para consulta neste Portal.
A candidatura à medida é efetuada em NetEmprego, através de sinalização de oferta de emprego registada nesse portal (na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada).
As empresas que apresentaram ofertas de emprego junto do IEFP a partir de 25 de julho de 2016, e desde que estas cumpram os requisitos de elegibilidade, poderão apresentar uma candidatura ao abrigo das novas regras.
Durante este período de candidatura será possível formalizar o pedido de Prémio de Conversão de contrato.
Antes de se candidatar, consulte o regulamento de acesso. Brevemente será disponibilizado, no Portal NetEmprego, o guia de apoio ao preenchimento do formulário de candidatura.
Mais informações e esclarecimentos podem ser obtidos através do Centro de Contacto, disponível todos os dias úteis das 8h00 às 20h00, tel: 300 010 001.

17
Jan

Marca Entidade Empregadora Inclusiva – Candidaturas

As candidaturas para atribuição da Marca Entidade Empregadora Inclusiva às empresas e demais entidades empregadoras que desenvolvam práticas de gestão aberta e inclusiva e tenham a responsabilidade social como uma das suas marcas distintivas, estão abertas desde o dia 2 de janeiro e até 28 de fevereiro.

A Marca Entidade Empregadora Inclusiva destina-se a promover o reconhecimento e a distinção pública de entidades empregadoras que mereçam destaque nas ações desenvolvidas relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade, contribuindo para a criação de um mercado de trabalho inclusivo que integre a diferença, evidenciando também preocupações de ordem social, um dos aspetos distintivos da responsabilidade social.

A responsabilidade social, de uma perspetiva estratégica, é cada vez mais importante para a competitividade das empresas pelos benefícios que pode acarretar em matéria de gestão dos riscos, redução dos custos, acesso ao capital, relações com os clientes, gestão dos recursos humanos e capacidade de inovação (comunicação da comissão Europeia ao parlamento europeu, ao conselho, ao comité económico e social europeu e ao comité das regiões de 25.10.2011).

As limitações na acessibilidade física, aos transportes, aos serviços e à comunicação, em resultado das condições do meio, têm limitado e dificultado a participação das pessoas com deficiência no mercado de trabalho que apresentam uma taxa de emprego significativamente inferior à população em geral.

A alteração desta situação passa, também, pela existência de um ambiente acessível em termos físicos, mas também de comunicação, e pela valorização e disseminação das práticas de gestão empresarial que valorizem e integrem a diferença, criando e desenvolvendo um mercado de trabalho aberto e inclusivo.

O reconhecimento das organizações que pratiquem e implementem práticas de gestão aberta e inclusiva, através da atribuição de uma marca denominada “marca entidade empregadora inclusiva”, poderá criar condições de maior igualdade no acesso, manutenção e progressão na carreira das pessoas com deficiência e incapacidade.

Se é uma organização cuja gestão integra também preocupações no domínio da responsabilidade Social e a igualdade de oportunidades, CANDIDATE-SE.

O regulamento poderá ser obtido em https://dre.pt/application/file/69906402 e as candidaturas deverão ser formalizadas no NETemprego em https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/apoios.jsp para o que deverão proceder ao registo, se ainda não estiverem registados, ou, acederem através da vossa página se estiverem registadas.

Pode consultar aqui o desdobrável com informação mais detalhada sobre a Marca Entidade Empregadora Inclusiva;

17
Out

Renovação do Contrato de Objetivos do GIP

A ADRAT – Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega renova contrato de objetivos com o IEFP, IP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, formalizando  assim o funcionamento do GIP – Gabinete de Inserção Profissional.

O GIP de Chaves teve início em 2015 e foi renovado por mais um ano, sendo a assinatura oficial realizada nas instalações da ADRAT, onde está localizado o gabinete. A assinatura deste contrato contou com a presença do Presidente da ADRAT, Manuel Orlando Fernandes Alves, o Secretário-Geral da ADRAT, António Montalvão Machado e do Diretor Centro Emprego e Formação Profissional do Alto Tâmega, Francisco Melo.

Este Gabinete, é regulado através da Portaria nº 140/2015 de 20 de Maio, sendo este mesmo organismo credenciado pelo IEFP, para prestar apoio às empresas a jovens e a adultos desempregados no percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho, em estreita cooperação com as unidades locais do IEFP.

Tem contratualizada a realização de ações de informação sobre medidas ativas de emprego e de formação; ações de apoio à procura de emprego e desenvolvimento da atitude empreendedora; encaminhamento para ações de formação ou medidas de emprego; receção e divulgação de ofertas de emprego; apresentação de desempregados e ofertas de emprego, entre outras julgadas pertinentes para a contribuição da inserção profissional dos desempregados.

img_1168 img_1173 img_1174 img_1176 img_1170