20
Jul

Adrat presente na Feira “Norte Empreende – Sabores e Saberes Rurais”

 

Nos dias 13, 14 e 15 de julho decorreu a Feira “Norte Empreende – Sabores e Saberes Rurais”, na Alfandega do Porto, na qual a ADRAT marcou presença, juntamente com outras entidades parceiras do projeto EMER-N, Empreendedorismo em Meio Rural da Região Norte.
Para além da feira que contou com a presença de empreendedores de vários ramos do mundo rural, e onde tiveram a oportunidade de apresentar os seus produtos e negócios, decorreram também vários seminários e jornadas técnicas.

 

  • Oficina do Burel
    Oficina do Burel
12
Jul

“Norte Empreende – Sabores e Saberes Rurais”

É já nos próximos dias que decorre a feira “NORTE EMPREENDE – SABERES E SABORES RURAIS”, no âmbito do projeto EMER-N

Visite-nos e conheça 120 dos 200 novos negócios que o projeto EMER-N ajudou a criar.

Consulte o programa dos 3 dias aqui: https://goo.gl/913jyu

FEIRA “NORTE EMPREENDE – SABORES E SABERES RURAIS” LEVA À ALFÂNDEGA MAIS DE 120 EMPREENDEDORES

Entre o dia 13 e 15 de julho, a Alfândega do Porto recebe a feira que vai ser o epicentro do empreendedorismo em meio rural na região Norte (EMER-N). O projeto que estimula a criação de novos negócios, mostra agora cerca de 140 empresas dos mais de 900 projetos acompanhadas.

De 13 a 15 de julho a Alfândega do Porto acolhe a Mostra “NORTE EMPREENDE – SABORES E SABERES RURAIS”. Feira de serviços e produtos regionais, seminários, sessões de networking e animação cultural, uma iniciativa que se assume como o ponto alto e o testemunho dos resultados alcançados pela implementação na região Norte de Portugal do projeto EMER–N.
Através de uma rede de 15 entidades parcerias, apoiados por mais de 40 mentores e 20 especialistas, foi possível apoiar mais de 900 empreendedores e criar mais de 200 novos negócios, geradores de um volume de negócios superior a 20 milhões de euros. Os empreendedores dos setores da agricultura, turismo, agroalimentar, bebidas, artesanato e têxtil têm agora oportunidade de mostrar os seus produtos, procurando dar-lhes notoriedade e visibilidade junto dos seus potenciais clientes.


O coordenador do projeto, Francisco Araújo, explica que “em conjunto, todos estes produtos, reúnem as potencialidades, as riquezas e as especificidades do nosso mundo rural, permitindo construir uma oferta integrada para o visitante que busca um contacto mais íntimo com um território de excelência e em simultâneo demonstra a vitalidade económica dos territórios rurais do Norte de Portugal”.

O projeto EMER-N resulta de uma parceria de 15 entidades, das quais 2 Associações Empresariais (In.Cubo e IET – Instituto Empresarial do Tâmega), 3 Instituições do Sistema Cientifico e Tecnológico Nacional (UTAD, Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Instituto Politécnico de Bragança) e 10 Associações de Desenvolvimento Local (Ader-Sousa, Adrat, Adritem, Adrimag, Atahca, Adriminho, Corane, Desteque, Dolmen e Douro Superior), financiado pelo Programa Operacional Regional NORTE 2020, através do FEDER. Sendo implementado ao longo dos dois últimos anos, através de uma metodologia de apoio de proximidade por técnicos de experiência comprovada, a empreendedores, aos micro e pequenos negócios e criação de empresas.

Pretende-se com este evento, mostrar dinamismo dos empreendedores dos territórios de baixa densidade dos 86 municípios do Norte de Portugal. Igualmente evidenciam-se as potencialidades do interior, dinamizando o seu tecido económico e empresarial, criando emprego e riqueza, apostando no rendimento como fator determinante para sediar população e revitalizar o território. O interior, com investimento, é um espaço de oportunidades onde é possível empreender, inovar e ter sucesso, evitando-se o crónico esquecimento que tem sido votado. O EMER-N é um investimento no fator mais importante dos territórios que são as pessoas, outras medidas urge tomar em benefício do interior e do seu futuro.
Mais informações no website do evento norteempreende.emern.pt

Link evento criado no facebook: https://www.facebook.com/events/1994149520617407/

 

28
Jun

“Norte Empreende – Sabores e Saberes Rurais”

FEIRA “NORTE EMPREENDE – SABORES E SABERES RURAIS” LEVA À ALFÂNDEGA MAIS DE 120 EMPREENDEDORES

Entre o dia 13 e 15 de julho, a Alfândega do Porto recebe a feira que vai ser o epicentro do empreendedorismo em meio rural na região Norte (EMER-N). O projeto que estimula a criação de novos negócios, mostra agora cerca de 140 empresas dos mais de 900 projetos acompanhadas.

De 13 a 15 de julho a Alfândega do Porto acolhe a Mostra “NORTE EMPREENDE – SABORES E SABERES RURAIS”. Feira de serviços e produtos regionais, seminários, sessões de networking e animação cultural, uma iniciativa que se assume como o ponto alto e o testemunho dos resultados alcançados pela implementação na região Norte de Portugal do projeto EMER–N.
Através de uma rede de 15 entidades parcerias, apoiados por mais de 40 mentores e 20 especialistas, foi possível apoiar mais de 900 empreendedores e criar mais de 200 novos negócios, geradores de um volume de negócios superior a 20 milhões de euros. Os empreendedores dos setores da agricultura, turismo, agroalimentar, bebidas, artesanato e têxtil têm agora oportunidade de mostrar os seus produtos, procurando dar-lhes notoriedade e visibilidade junto dos seus potenciais clientes.

 


O coordenador do projeto, Francisco Araújo, explica que “em conjunto, todos estes produtos, reúnem as potencialidades, as riquezas e as especificidades do nosso mundo rural, permitindo construir uma oferta integrada para o visitante que busca um contacto mais íntimo com um território de excelência e em simultâneo demonstra a vitalidade económica dos territórios rurais do Norte de Portugal”.

 

O projeto EMER-N resulta de uma parceria de 15 entidades, das quais 2 Associações Empresariais (In.Cubo e IET – Instituto Empresarial do Tâmega), 3 Instituições do Sistema Cientifico e Tecnológico Nacional (UTAD, Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Instituto Politécnico de Bragança) e 10 Associações de Desenvolvimento Local (Ader-Sousa, Adrat, Adritem, Adrimag, Atahca, Adriminho, Corane, Desteque, Dolmen e Douro Superior), financiado pelo Programa Operacional Regional NORTE 2020, através do FEDER. Sendo implementado ao longo dos dois últimos anos, através de uma metodologia de apoio de proximidade por técnicos de experiência comprovada, a empreendedores, aos micro e pequenos negócios e criação de empresas.

 

Pretende-se com este evento, mostrar dinamismo dos empreendedores dos territórios de baixa densidade dos 86 municípios do Norte de Portugal. Igualmente evidenciam-se as potencialidades do interior, dinamizando o seu tecido económico e empresarial, criando emprego e riqueza, apostando no rendimento como fator determinante para sediar população e revitalizar o território. O interior, com investimento, é um espaço de oportunidades onde é possível empreender, inovar e ter sucesso, evitando-se o crónico esquecimento que tem sido votado. O EMER-N é um investimento no fator mais importante dos territórios que são as pessoas, outras medidas urge tomar em benefício do interior e do seu futuro.
Mais informações no website do evento norteempreende.emern.pt

Link evento criado no facebook: https://www.facebook.com/events/1994149520617407/

25
Mai

II Fórum do Empreendedor EMER-N

 

Decorreu no passado 23 de Maio, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Vila Real), o II Fórum do Empreendedor EMER-N.

Esta iniciativa reuniu empreendedores, empresários, técnicos e investigadores, acompanhados ou não, pelo EMER-N, com intuito de promover a partilha de experiências, o estabelecimento de novas parcerias e o trabalho colaborativo.

21
Mai

Sessão de Informação “Norte Digital: Qualificar as PME para o Digital”

Sabia que apenas 39% das empresas portuguesas estão online?

O Norte Digital é um projeto que pretende ajudar a mudar este paradigma, apoiando as PME do Norte do país a construírem uma estratégia digital de sucesso para competirem no mercado global.

A CIM-AT – Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e a ACEPI – Associação da Economia Digital, convidam-no a associar-se à Sessão de Informação “Norte Digital: Qualificar as PME para o Digital”, que decorre no dia 29 de Maio em Chaves.

Inscrição gratuita, mas obrigatória, através do link :  NORTE DIGITAL

 

 

8
Fev

Fórum do Empreendedor Emer-N

Realiza-se no próximo dia 21 de Fevereiro de 2018, pelas 14H00, nas instalações da Escola Superior Agrária (ESA) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo em Ponte de Lima, o I Fórum do Empreendedor do Projeto EMER-N.
Esta iniciativa pretende reunir no mesmo espaço, empreendedores, empresários, técnicos e investigadores, acompanhados ou não, pelo EMER-N, com intuito de promover a partilha de experiências, o estabelecimento de novas parcerias e o trabalho colaborativo.

Neste fórum será apresentado um estudo de caso apoiado pela Adrat, a Casa do Forge em Cabril, Montalegre.

Conheça o programa completo aqui.

 

9
Out

Encontros Portugal2020

Realiza-se, já amanhã, uma sessão dos Encontros P2020, que decorrerá pelas 16:30h, em Vila Real, tendo lugar no Hotel Miracorgo.

Este encontro tem como objetivo esclarecer soluções de financiamento para empresas, não perca a oportunidade de estar devidamente informado.

 

 

19
Jul

Sessão de Apresentação Pública do Projeto EMER-N Empreendedorismo em Meio Rural na Região Norte

2 Milhões para estimular o empreendedorismo em meio rural

O projeto EMER-N pretende alcançar 688 empresas distribuídas por 86 municípios no norte do país, numa iniciativa inédita em termos de abrangência e de dinamização do empreendedorismo em territórios de baixa densidade populacional.

EMER-N, Empreendedorismo em Meio Rural na Região do Norte, é o único projeto a nível nacional que junta incubadoras de empresas, instituições de ensino superior, associações de desenvolvimento local numa rede de 15 entidades que funcionam como instrumento de alavancagem dos micro e pequenos negócios, adaptado aos condicionalismos e particularidades do meio rural.

Qualquer pessoa com uma ideia, mais ou menos desenvolvida, tem na EMER-N uma oportunidade de transformá-la num negócio. Da mesma forma, os micro e pequenos empresários que estejam a passar por dificuldades e que necessitem de ajuda para dar um novo impulso ao seu negócio encontram neste projeto ferramentas ao nível da inovação, da modernização e competitividade.

O investimento de 2 milhões de euros, assegurado por fundos Europeus e direcionado pelo programa Norte 2020, permite que pequenos empresários já estabelecidos e novos empreendedores tenham um apoio permanente de mentores e especialistas na estruturação dos seus negócios. O envolvimento das entidades de ensino superior está na base do apoio em consultoria especializada. Assim, mentores, docentes e investigadores dão auxílio constante e a título gratuito para que os empreendedores estejam a par dos processos de licenciamento, planos e modelos de negócio, e ainda fontes de financiamento.

O coordenador do projeto, Francisco Araújo, explica a finalidade deste projeto inovador que reúne parceiros públicos e privados para “criar uma envolvente positiva, de suporte ao aparecimento e crescimento das empresas e do emprego na região norte do país”. Francisco Araújo avança ainda que “neste momento já estão inscritos mais de 300 empreendedores na plataforma EMER-N, sendo que ambicionamos criar 150 novas empresas na Região Norte e alavancar mais de 1,5 milhões de euros de investimento”.

O projeto EMER-N é apresentado oficialmente em conferência de imprensa no dia 21 de julho, às 14h00, no Instituto Empresarial do Tâmega, em Amarante. A sessão vai contar com a presença do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, bem como dos representantes dos municípios, parceiros locais e empreendedores.

 

Programa Inscrições 

18
Jul

Competitividade das PME do Setor Florestal do Alto Tâmega

Realizou-se no passado dia 14 de Julho, na ADRAT, uma reunião de trabalho com agentes do setor florestal do Alto Tâmega, concretamente do setor associativo e empresarial. Além da apresentação do ponto de situação da execução do projeto “Programa de Apoio ao Reforço da Competitividade das PME do Setor da Floresta do Alto Tâmega”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) e Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), com o apoio da ADRAT, foram abordados vários aspetos relacionados com o contexto do setor florestal na região e a necessidade de maior envolvimento e participação do setor empresarial neste tipo de iniciativas e projetos.
Neste momento está em curso o Diagnóstico do Setor Florestal e dos seus agentes, com a recolha de informação sobre as PME através de um questionário de resposta voluntária, a que se apela seja respondido por todas as empresas ligadas ao setor florestal e que está disponível para preenchimento e resposta online, na seguinte ligação: https://goo.gl/forms/Aww8QP98BVRstLBI3

4
Mai

EMER-N – Abertas Inscrições para Empreendedores

O projeto EMER-N – Empreendedorismo em Meio Rural na Região do Norte, constitui-se como um instrumento/ferramenta de alavancagem dos micro e pequenos negócios, adaptado aos condicionalismos e particularidades do meio rural, com a finalidade de criar uma envolvente positiva, de suporte ao aparecimento e crescimento das empresas e do emprego na região norte do país. A ADRAT é uma das 15 entidades parceiras que na região Norte está a cargo desta iniciativa, sendo responsável pela sua dinamização no território do Alto Tâmega (Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar).
Se tem alguma ideia de negócio ou se até já tem um negócio formalizado, mas necessita de consultoria/acompanhamento especializada(o), inscreva-se no site do projecto EMER-N em: http://www.emern.pt/inscricao/ preenchendo um formulário de identificação da ideia /negócio e será contactado(a) o mais breve possível para analisarmos a sua candidatura. Este processo de acompanhamento em regime de consultoria e mentoria por especialistas é totalmente gratuito, sendo financiado pelo Programa NORTE 2020.

Mais informações: http://www.emern.pt/