alto tâmega

23
Nov

Qualificação de Produtos Locais

A Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega, ADRAT, discutiu ontem, em Chaves, a importância da qualificação dos produtos locais.
O turismo é um dos setores que mais pode beneficiar de processos de qualificação e certificação.
Nesta ação estiveram presentes de cerca de 50 participantes cientes da importância da qualificação dos produtos locais para o desenvolvimento da região do Alto Tâmega.

Veja a reportagem realizada sobre o evento:

 

 

 

 

13
Nov

3.ª Newsletter do projeto RATIO

Já se encontra disponível a 3.ª Newsletter do projeto RATIO.

Este projeto foi aprovado no âmbito do programa INTERREG EUROPA, no qual a ADRAT participa no grupo de stakeholders e o Município de Vila Pouca de Aguiar é parceiro.

Pode consultar a newsletter aqui.

 

27
Out

Sessão de Esclarecimento

Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos, O Alojamento Local e a Estratégia de Marketing Turístico do Porto e Norte de Portugal – Horizonte 2015-2020.

 

A ADRAT – Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal irá realizar uma sessão de esclarecimento, cuja temática visa o Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos, O Alojamento Local e a Estratégia de Marketing Turístico do Porto e Norte de Portugal – Horizonte 2015-2020.

A sessão decorrerá no dia 8 de Novembro, pelas 14h30m, no auditório da ADRAT, sito na Avenida da Cooperação, Edifício Inditrans, Lote A1, N.º 2, 5400-673 Outeiro Seco – Chaves.

24
Out

Incubadora de Empresas

Por deliberação conjunta proferida pelos Conselhos Diretivos do Turismo de Portugal e do IAPMEI, em 18 de agosto de 2017, foi a ADRAT objeto de acreditação como incubadora de empresas, no âmbito do Vale Incubação.

A medida “Vale Incubação” pretende conceder apoios a projetos simplificados de empresas com menos de 1 ano na área do empreendedorismo através da contratação de serviços de incubação prestados por incubadoras de empresas previamente acreditadas, tais como a ADRAT.

Critérios de elegibilidade dos beneficiários do Vale Incubação (para além dos gerais):
• Não ter projetos aprovados nas prioridades de investimento referentes à área de Inovação produtiva PME;
• Corresponder a uma empresa criada há menos de 1 ano.

São suscetíveis de apoio os projetos de aquisição de serviços de incubação na área do empreendedorismo, imprescindíveis ao arranque das empresas, nomeadamente:
•Serviços de Gestão (Apoio na definição/consolidação do modelo de negócios; Acompanhamento na gestão operacional do negócio (incluindo gestão comercial, planeamento financeiro e controlo de gestão) e Tutoria e capacitação na gestão);
•Serviços de Marketing (Apoio na estruturação da estratégia de comunicação/marketing; Apoio na divulgação da atividade, produtos e serviços; Apoio na estruturação/consolidação do processo de internacionalização);
•Serviços de Assessoria Jurídica (Assessoria e apoio jurídico);
•Desenvolvimento de produtos e serviços (Apoio à digitalização de processos de negócios; Apoio à proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual);
•Serviços de Financiamento (Apoio a candidaturas a concursos de empreendedorismo e inovação; Apoio no contacto com investidores e entidades financeiras).
São beneficiários desta medida micro e pequenas empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.
Incentivo: Incentivo Não Reembolsável (INR) 75% com limite de €5.000

9
Out

Encontro Transnacional do projeto RATIO

A ADRAT participou, na qualidade de stakeholder convidado, no encontro transnacional do projeto RATIO (Programa INTERREG EUROPA), que decorreu nos dias 3 e 4 de Outubro na região de Cork, Irlanda.

No âmbito do encontro, a ADRAT apresentou uma comunicação relativa ao progresso da elaboração do Plano de Ação, considerando o Programa Operacional em estudo, neste caso o PO COMPETE, que também estava representado por um dos seus gestores nacionais.

Além de outras apresentações relativas à evolução do projeto nos outros países parceiros, foram também efetuadas visitas a algumas empresas estudadas no âmbito do projeto e consideradas como boas práticas em matéria de inovação empresarial em meio rural.

O projeto RATIO tem como parceiro português o Município de Vila Pouca de Aguiar, que será também responsável pela organização de um próximo encontro de parceria, no 2º trimestre de 2018.

Podem consultar mais informações na página do projeto em https://www.interregeurope.eu/ratio/

29
Set

Reunião do Projeto CRINMA

Decorreu na ADRAT, no passado dia 27 de Setembro, uma reunião do projeto transnacional CRINMA (Interreg Europa), com a participação dos parceiros de Portugal (Município de Montalegre) e de Espanha (INORDE), bem como da ADRAT, no papel de stakeholder convidado e entidade que apoia e acompanha a execução do projeto a nível Ibérico.
Além da avaliação do trabalho já desenvolvido desde o início do projeto, foi debatido e determinado o programa a desenvolver na reunião transnacional da parceria (com 7 parceiros de 6 países da União Europeia) e visitas de estudo a serem realizadas no concelho de Montalegre e na província de Ourense, em Janeiro de 2018. Recorde- que o projeto CRINMA estuda e aprofunda recomendações para as políticas transfronteiriças de desenvolvimento regional, com vista à promoção, proteção e valorização do património natural e cultural das regiões transfronteiriças de montanha. Pode consultar-se mais informação sobre o projeto em https://www.interregeurope.eu/crinma/

20
Set

SI2E – Atualização

Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego

Foram publicadas alterações ao aviso de abertura de candidaturas para o Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, nomeadamente a alteração do Anexo C – Referencial de análise de mérito das candidaturas submetidas na 2ª fase do Aviso.
Consulte toda a documentação relativa a este concurso nesta página.

 

Aviso de abertura do SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apoio à Apresentação de Candidaturas ao SI2E

Acesso ao Balcão 2020 para submissão de candidaturas

 

Consulte a Documentação de Apoio:

Anexo A – Enquadramento na EDL

Anexo B – Enquadramento PROVERE

Anexo C – SI2E – Referencial de análise de mérito ADRAT

Anexo D – Documentos apresentar candidatura

Anexo E – Lista de profissões com géneros sub-representados

Anexo F – Território de Intervenção GAL

Anexo G – Deliberação CIC e lista territórios de baixa densidade

Anexo H – Domínios prioritários da RIS3

Anexo I – Memória Descritiva Mapa de Investimentos BP-DR-ADRAT

Anexo J –  Ficha de Verificação de Regras Ambientais

Anexo K – Ficha de Verificação de Igualdade e Oportunidades

 

Também pode consultar o aviso de abertura em https://www.portugal2020.pt/Portal2020/Candidaturas-abertas-auto

18
Jul

Competitividade das PME do Setor Florestal do Alto Tâmega

Realizou-se no passado dia 14 de Julho, na ADRAT, uma reunião de trabalho com agentes do setor florestal do Alto Tâmega, concretamente do setor associativo e empresarial. Além da apresentação do ponto de situação da execução do projeto “Programa de Apoio ao Reforço da Competitividade das PME do Setor da Floresta do Alto Tâmega”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) e Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), com o apoio da ADRAT, foram abordados vários aspetos relacionados com o contexto do setor florestal na região e a necessidade de maior envolvimento e participação do setor empresarial neste tipo de iniciativas e projetos.
Neste momento está em curso o Diagnóstico do Setor Florestal e dos seus agentes, com a recolha de informação sobre as PME através de um questionário de resposta voluntária, a que se apela seja respondido por todas as empresas ligadas ao setor florestal e que está disponível para preenchimento e resposta online, na seguinte ligação: https://goo.gl/forms/Aww8QP98BVRstLBI3

10
Jul

Sessão de Esclarecimento SI2E

Decorreu no passado dia 6 de Julho, na sede da Adrat uma sessão de esclarecimento sobre o SI2E – Sistema de Incentivo ao Empreendedorismo e ao Emprego, realizada em conjunto pela CIM do Alto Tâmega e pela ADRAT.

Estiveram presentes na sessão cerca de 100 pessoas, o que demonstra a grande importância da realização de ações desta natureza.

5
Jul

Artesanato: candidaturas abertas para apoios

O período de candidaturas para os apoios à organização de feiras e certames de promoção e comercialização de artesanato, ou de certames de natureza diversa, mas com espaço dedicado ao artesanato, decorre entre 1 de julho e 31 de outubro de 2017.

O Programa de Promoção das Artes e Ofícios, criado pelo Decreto-Lei n.º 122/2015, de 30 de junho, visa a valorização, a recuperação e o enriquecimento das atividades artesanais através, nomeadamente, da renovação de saberes, da promoção de competências, da criação de emprego e de apoios ao investimento, à promoção e à comercialização.

Este Programa é constituído por quatro eixos de intervenção, que integram um conjunto diversificado de modalidades de apoio.

No âmbito do Eixo de Intervenção Promoção das Artes e Ofícios estão previstos apoios:

• À participação de unidades produtivas artesanais em feiras e certames de promoção e comercialização de artesanato, ou em outras ações de promoção das produções artesanais, cuja relevância a justifique;

• À organização de feiras e certames de promoção e comercialização de artesanato, ou de certames de natureza diversa, mas com espaço dedicado ao artesanato.

Estes apoios, cujos procedimentos se encontram definidos no regulamento específico, visam:

• Contribuir para o desenvolvimento das artes, ofícios e microempresa artesanais, com enfoque especial na promoção da empregabilidade nas atividades artesanais;

• Aproximar os centros de produção e os centros de consumo, de forma a garantir a viabilidade económica e social deste setor, facilitando a integração das empresas de cariz artesanal no circuito comercial;

• Contribuir favoravelmente para a revitalização e consolidação deste setor no tecido produtivo nacional.

As candidaturas aos apoios à organização de feiras e certames de promoção e comercialização de artesanato, ou de certames de natureza diversa, mas com espaço dedicado ao artesanato devem ser apresentadas através do Portal Netemprego entre 1 de julho e 31 de outubro de cada ano, com uma antecedência mínima de 60 dias antes do início do certame.

Toda a informação sobre o Programa de Promoção das artes e ofícios aqui.