Gestão de Áreas Comunitárias e a Certificação Florestal

A ADRAT organizou mais uma visita técnica de estudo, no dia 19 de outubro, desta vez à Galiza, para conhecer os Montes Vecinales en Mano Común (MVMC) de O Carballo.
Os MVMC são uma figura de propriedade particular coletiva de tipo germânico e representam a sobrevivência do sistema tradicional de aproveitamento das serras, que genericamente sempre se caracterizou pelo usufruto comum por parte dos vizinhos (habitantes).

Os MVMC do Carballo, com uma área de 716 hectares é considerado um caso paradigmático de autogestão e valorização dos múltiplos usos e serviços que as florestas podem gerar. Sendo desde 2009 exclusivamente gerida pela Comunidade de Veciños, foi o 1º caso de MVMC a obter a Certificação da Gestão Florestal ao abrigo do sistema FSC (ano 2011), possuindo também a certificação do sistema PEFC (ano 2015).

Além dos aproveitamentos tradicionais florestais (lenho), tem promovido várias outras atividades associadas aos recursos florestais (pecuária equina e suína, cogumelos, mel e resina), bem como atividades de índole social (“Rapa das Bestas”, Festa do Porco Celta, Festa do Comuneiro, etc.).

Dentro desta área encontram-se classificadas como Rede Natura 2000, duas Zonas Especiais de Conservação (ZEC – Diretiva Habitats).

  

Comments are closed.